Associação de torcedores pode assumir o Portsmouth

Nos últimos dias, a associação de torcedores Portsmouth Supporters Trust (PST) foi indicada como aquirente preferencial do Portsmouth, atualmente na Terceirona inglesa (npower Football League One) e sob administração extraordinária pela segunda vez em sua história.

A indicação partiu da PKF, empresa que controla interinamente o clube, atendendo a pedidos da maioria absoluta dos torcedores do “pompey”, receosos com a reaproximação de um antigo, e mal quisto, dono: o empresário nepalês Balram Chainrai, que resgatou o Portsmouth de sua primeira falência – e praticamente deu início à segunda.

Caso a negociação se concretize, o Portsmouth será o segundo clube da Football League a funcionar sobre regime de controle acionário popular. O primeiro é o AFC Wimbledon, criado pelos próprios torcedores para substituir o antigo Wimbledon FC, que se mudou para Milton Keynes.

(Imagem: Glenn Merrett)

O Portsmouth abriu falência pela primeira vez em fevereiro de 2009, quando ainda atuava na Barclays Premier League. Permaneceu sob administração extraordinária até outubro do mesmo ano, quando foi adquirido por um consórcio liderado pelo já citado Balram Chainrai, em parceria com Levi Kushnir e Deepak Chainrai. Na época, o clube já estava na Segundona.

Poderia ser o fim dos problemas para o “pompey” – mas foi só o início de um novo pesadelo: mal no campo e pior ainda na contabilidade, o clube mudou de mãos novamente em junho de 2011, passando à Convers Sports Initiative, do russo Vladimir Antonov. A empresa abriria falência em novembro do mesmo ano. Em fevereiro de 2012, poucos meses antes do rebaixamento à Terceira Divisão, o Portsmouth entrou em administração extraordinária pela segunda vez, com uma dívida estimada em £ 61 milhões.

Imagens: Divulgação

Thiago Zanetin (@th_dellascala) tem 27 anos e é redator publicitário na Concêntrica Comunicação e Conteúdo. Fanático seguidor do Hellas Verona, espera ansiosamente pelo dia em que as verdadeiras cores gialloblù da cidade voltarão a brilhar na elite italiana.

Category: MarketingMercadoNegócios

Tags: