Acordo com Penalty vai render R$ 36 milhões por ano ao São Paulo

Prestes a ser anunciada oficialmente pelo São Paulo como sua nova fornecedora esportiva, a Penalty não será responsável apenas pelos uniformes e materiais de treinamento tricolores durante os próximos três anos, mas também por rechear ainda mais os cofres do clube.

De acordo com matéria do portal Lance!Net, a marca pagará ao São Paulo um total de R$ 36 milhões por temporada, chegando assim a R$ 108 milhões até 2015: é quase o dobro dos R$ 60 milhões pagos pela Reebok (antiga parceira) entre 2010 e 2012; e, em números absolutos, um valor superior àqueles que Corinthians e Flamengo receberão nos três primeiros anos de seus mega acordos com Nike e adidas, respectivamente.

Como uma marca nacional pôde atingir patamares internacionais como estes? Trocando quantidade por qualificação de exposição. Sempre segundo a reportagem – assinada por Bruno Quaresma -, agregar o São Paulo ao seu portfólio fez com que a Penalty alterasse seu plano de patrocinar cinco clubes da Série A em 2013 – o tricolor é o quarto, ao lado de Vasco da Gama, Náutico e Vitória. Além disso, a nova parceira, a exemplo da Reebok, terá uma loja no estádio do Morumbi e também estará presente no futsal (R$ 1 milhão anual) e futebol amador são-paulinos.

A esperada camisa São Paulo-Penalty tem estreia marcada para o dia 19 de janeiro, contra o Mirassol, pelo Paulistão Chevrolet. Antes, na Copa São Paulo de Futebol Júnior, a base tricolor atuará com um teaser do manto, não-oficial e sem o logo da fornecedora.

Fonte: Lance!Net / Imagem: Wagner Carmo/VIPCOMM

Category: MarketingMercadoNegócios

Tags:

Comentários

  1. Excelente valor, tomara que a camisa seja bonita, e vale lembrar que a marca esteve presente nas conquistas da Libertadores/ Mundial 92/93.
    É pé-quente!!

    ps; Vcs sabem se a Umbro vai vestir o Juventus-sp?

  2. Oi, Marcelo.

    Há muitos rumores sobre a parceria entre Juventus e Umbro; mas, por enquanto, nada de oficial por parte do clube.

    Grande abraço, e continue conosco.

  3. A Umbro deu para investir em times pequenos agora? Faz parte de um processo de reestruturação de sua marca no Brasil? Pq venhaos e convenhamos, desde que deixou o Santos a Umbro não é tão bem vista assim por aqui, lembrando até que deixou muitos torcedores na mão do time da baixada com falta de camisas nas lojas, inclusive no modelo feminino bastante requisitado em tempos de Neymar e Ganso (hje no SP).

    Gosto muito do design da Umbro, gostaria de vê-la no meu time, desde que ela entregasse o material. rs

  4. Nossa, 36 milhões é um valor fantástico. Parabéns a diretoria do SPFC por esse grande acordo.

  5. nada contra a Penalty. Apenas não se compara com Adidas, Nike e Puma. Quem lucra com esse acordo é a própria Penalty, o SPFC infelizmente terá em suas mãos produto nada desejável pela torcida. Eu já vi, claro, uniforme do Vasco patrocinada pela mesma, e não me levem a mal, péssima qualidade. estou me lixando se são R$36milhões, quem leva essa bolada é o clube, mas eu torcedor, que compro (2013 não compro mais) vou ter que esperar esse ”LIXO” terminar seu contrato. Nada contra a Penalty. Apenas não se compara a QUALIDADE da Adidas, Nike e Puma por exemplo. Tenho camisas adidas (chelsea) e puma (costa do marfim) que dão de 10 a zero até nessa atual Reebok.
    Como consumidor e torcedor, não dá pra esperar muito da Penalty, eu esperava muito do SPFC ///, não deu.
    Espera de um milagre agora, ou 2016.
    Sucesso a ambas.