Salernitana passa a ser gerida por grupo americano

No período da grande imigração, os italianos que se dirigiam ao Novo Mundo resumiam sua esperança em uma frase: Andiamo a fare l’America – “Vamos faz e América”. Muitos anos depois, os ítalo-americanos procuram a Bota para mostrar o que aprenderam, interessando-se, dentre muitos outros negócios, pelo futebol. E quando se esperava que a grande Roma fosse ser a pioneira nas propriedades yankees, com a transição para o grupo DiBennedetto, eis que a história elegeu outra protagonista: a pequena Salernitana, que amarga o ostracismo da Prima Divisione.

O pacote societário do clube de Salerno foi completamente adquirido pelo empreendedor Joseph Cala, presidente da Cala Corporation, empresa especializada na construção de hotéis de luxo, e cassinos flutuantes e submarinos. Antes, o clube granata estava nas mãos do empreendedor local Antonio Lombardi; ele assumiu como único proprietário após a falência da Salernitana, em 2005, conquistando uma promoção à Serie B, em 2007-08, e colecionando também inúmeras irregularidades, administrativas e esportivas.

O novo patrono Joseph Cala (esquerda), ao lado do antigo Antonio Lombardi: os primeiros americanos chegam ao “calcio” através da Prima Divisione (Foto: La Città di Salerno)

Para chegar à Salernitana, Cala assumiu cerca de 70% de um passivo que ultrapassa o milhão e meio de euros, uma cifra estratosférica para o futebol de província. Mesmo assim, seus planos são ousados e incluem: a cotação da Salernitana na bolsa de valores (sua empresa, a Cala Corporation está presente na Nasdaq), e a criação de web-radio e um canal de TV 24 horas. No campo dos resultados, a visão é ainda mais grandiosa: um acesso imediato à Serie B e, depois de duas temporadas, o sonhado retorno à Serie A. Atualmente, Salernitana ocupa a quinta posição, última que dá direito à disputa dos play offs de acesso.

Thiago Zanetin (@th_dellascala) tem 25 anos e trabalha como redator publicitário na Babenko. Fanático seguidor do Hellas Verona, espera ansiosamente pelo dia em que as verdadeiras cores gialloblù da cidade voltarão a brilhar nas séries maiores.

Category: Negócios