FC Porto e Pinto da Costa | Parceria de sucesso entre clube e cartola

O Futebol Clube do Porto, um dos maiores clubes portugueses, assim como muito respeitado em todo o continente europeu é, talvez, um dos clubes de maior sucesso nos últimos 30 anos. Isso deve-se em grande parte a um nome: Jorge Nuno Pinto da Costa.

Pinto da Costa. O presidente do Porto é o mais vitorioso da história do futebol.

Presidente do Porto desde 1982, ele revolucinou o clube com sua administração ousada e autamente competente. Quando assumiu o clube da “cidade invicta”, o Porto era apenas a terceira força do futebol português, atrás de Sporting e Benfica, com aproximadamente metade dos títulos dos clubes lisboetas.

Após assumir a administração do clube, Pinto da Costa desenvolveu vários projetos que se destacaram no extra-campo e, depois, refletiu-se também dentro dele.

Das várias obras que realizou à frente do Porto destacam-se:

  • Criação da Loja Azul, em 1983;
  • Criação da Revista Dragões, em Abril de 1985;
  • Criação dos prêmios Dragão de Ouro, em 1986;
  • Criação da seção de esporte adaptado em 1986;
  • Criação da FC Porto, Futebol, SAD, e da FC Porto, Basquetebol, SAD, em 1997;
  • Construção do Estádio do Dragão, inaugurado em 2003;
  • Remodelação do Campo da Constituição (agora denominado Vitalis Park);
  • Construção do Dragão Caixa, inaugurado em 2009.

Em campo, os títulos se multiplicaram.

  • 18 Ligas Portuguesas
  • 11 Taças de Portugal
  • 16 Supertaças de Portugal
  • 2 Ligas dos Campeões da UEFA
  • 2 Taça UEFA/Liga Europa
  • 1 Supertaça Europeia
  • 2 Taças Intercontinentais (Mundial de Clubes)

Pinto da Costa é reconhecido também pelas ótimas negociações em compra e venda de jogadores e treinadores. Nos últimos anos nomes como José Mourinho, Vítor Baia, Ricardo Carvalho, Deco, Pepe, Ricardo Quaresma, Lisando Lopez e Lucho Gonzalez foram destaque em grandes conquistas pelo clube. Além de nomes que mesmo sem fazer tanto sucesso, são grandes craques como Diego e Luis Fabiano.

Hoje, destacam-se ainda o técnico André Villas-Boas, ex auxiliar de Mourinho, e jogadores como os brasileiros Hulk e Hélton e o colombiano Radamel Falcão, artilheiro da última Liga Europa.

Naturalmente amado pelos portistas e odiado pelos rivais, Pinto da Costa já foi diversas vezes acusado de comprar árbitros e clubes menores, e por isso ganhou o apelido de “O Mafioso”.

Mas com todos estes números a favor, que torcedor não iria querer um cartola destes.

Por Allan Amarelo

Category: MarketingNegócios

Tags:

Comentários