FA prevê que Wembley recuperará investimentos até 2015

Na última semana, o presidente da Football Association, David Bernstein, declarou que o estádio de Wembley recuperará os custos de sua reforma, e dará lucro, a partir de 2015, um ano depois da previsão inicial.

Este atraso, causado em grande parte pelo montante de impostos e custos fixos, não indica, todavia, um déficit de performance: desde a reabertura, em 2007, o local opera em superavit de £ 40 a £ 50 milhões ao ano. Além dessas cifras, o estádio conta com subsídio da própria FA, pronta a disponibilizar um total de £ 44 milhões até 2013 (outros £ 20 milhões já foram investidos no último ano).

Nos últimos anos, Wembley recuperou o prestígio dos velhos tempos, tendo hospedado partidas e decisões de diversas copas inglesas – entre elas, a FA Cup – e também a final da UEFA Champions’ League de 2010-11. Para os próximos anos, o plano de negócios do estádio prevê, além de uma nova decisão continental (2012-13), o aumento de shows, concertos e eventos, além da busca por um patrocínio máster – naming rights.

Foto: Reprodução/Christian Öser

Thiago Zanetin (@th_dellascala) tem 26 anos e é redator publicitário na Editora Três. Fanático seguidor do Hellas Verona, espera ansiosamente pelo dia em que as verdadeiras cores gialloblù da cidade voltarão a brilhar na elite italiana.

Category: Negócios

Tags: