“Como é grande ser pequeno”: a nova campanha do Levante para a temporada 2011-12

Em janeiro deste ano, o Levante mobilizou sua torcida e toda a cidade pela permanência na elite do Campeonato Espanhol. Começava aí uma arrancada histórica, que levou o clube de Valência à 14ª posição final.

O objetivo, embora modesto, representou um grande sonho para a pequena equipe azulgrana. E foi a partir daí que o pequeno clube de Valência desenvolveu o conceito de sua nova campanha de abonamento – o período em que são vendidos carnês de ingressos para todos os jogos da temporada.

Batizada de ¡Qué grande és ser pequeño! (“Como é grande ser pequeno”), a campanha agradece pelo resultado da última temporada, e ressalta a principal vantagem de se assistir uma partida do Levante no estádio Ciutat de València: o “provincianismo” de sua torcida.

Mais do que nunca, o futebol tem se assumido como um grande negócio. Postura que transforma alguns de seus conceitos fundamentais, entre eles a forma de se assistir um jogo: os estádios têm se tornado arenas, onde a experiência esportiva é o centro de uma série de outras ofertas de consumo e conveniência.

Em meio a essa tendência, a saída encontrada pelo Levante foi, justamente, ser a contra-tendência: assumir-se um clube pequeno e exaltar sua torcida, que tem na relação com o Levante a única experiência que interessa.

Os preços para garantir uma temporada completa de jogos no Ciutat de València são determinados por uma série de critérios, como idade e situação econômica (aposentadoria ou desemprego). É considerada, também, a relação do torcedor com o clube: acionistas tem mais vantagens que abonados simples (novos ou recontratantes). Existe, ainda, a possibilidade de desconto caso um acionista ou abonado indique outra pessoa que adquira o pacote.

Thiago Zanetin (@th_dellascala) tem 25 anos e trabalha como redator publicitário. Fanático seguidor do Hellas Verona, espera ansiosamente pelo dia em que as verdadeiras cores gialloblù da cidade voltarão a brilhar nas séries maiores.

Category: MercadoNegócios

Tags:

Comentários