Manchester City registra prejuizo

O Manchester City teve prejuízio de quase 140 milhões de euros no ano passado e gastou mais do que suas receitas em contratações e salários de jogadores, de acordo com o balanço anual publicado pelo clube.

As receitas do City foram de 144 milhões de euros, enquanto o clube gastou 153 milhões, o segundo maior prejuízo da história da Premier League, atrás apenas dos 162 milhões de euros de déficit do Chelsea de Roman Abramovich na temporada 2004/2005.

“Dois anos atrás eu tive sorte de me tornar parte da história do Manchester City e permaneço agradecido pelo calor da recepção que foi dada a mim”, disse o proprietário Sheikh Mansour em uma carta publicada no site oficial do clube.

“Ser proprietário de um clube como o Manchester City, com uma herança rica, carrega uma coleção única de obrigações com os torcedores, funcionários e a comunidade de Manchester”.

“Isso é algo que eu levo a sério. Por isso, o desafio que eu coloco para minha equipe é de desenvolver o City para que seja um dos clubes com maior sucesso dentro e fora do campo, mas fazê-lo sem que perca as características que lhe fazem tão especial”.

O Sheik Mansour, no jogo Manchester City x Liverpool.

Category: Negócios

Tags: