Entrevista com João Hugo da Manchester City Brasil

Como o Futebol Marketing busca a cada dia se aproximar mais do fãs de futebol como um veículo de comunicação segmentado, também queremos dar espaço para entrevistas. Hoje, divulgamos aqui, algumas rápidas perguntas que fizemos ao João Hugo, membro da torcida do Manchester City aqui no Brasil.

1. Com o momento atual, o Man City fazendo grandes contratações e possivelmente brigando por títulos, qual a espectativa de vocês quanto a isso influenciar para que o clube tenha mais torcedores aqui no Brasil?

O momento atual é o melhor possível. Tanto dentro como fora de campo, apesar do Relatório Financeiro mostrar que o clube teve prejuízo £ 121 milhões, já estava prevista essa situação, pois foi investido muito dinheiro. Em compensação, pela primeira vez na história do clube, a receita foi acima dos £ 100 milhões. Todo esse investimento contribuiu e ainda contribui para o aumento de torcedores do City aqui no Brasil. O número ainda é muito baixo em relação aos grandes como United, Arsenal, Liverpool e Chelsea, mas até 6 temporadas atrás o Chelsea passava pela mesma situação que nós e conquistou muitos torcedores aqui no Brasil. A grande diferença é que o Chelsea ganhou a Premier League por duas vezes e isso só vez propagar ainda mais a sua fama.
Uma outra coisa que foi importante também para o aumento de torcedores foi a contratação de Robinho e Tevez, ex-ídolos do Santos e Corinthias, respectivamente. Torcedores de ambos os clubes começaram a torcer pelo City pelo significado que os dois atletas significaram para seus clubes aqui no Brasil.
Há boatos de que o clube lance uam versão em português do seu site oficial, isso poderia aumentar o número de fãs no Brasil.

2. O Man City Brazil pretende fazer ações de marketing e comunicação (como o sorteio que divulgaram recentemente) para agregar mais fãs? Se sim, quais são as estratégias que pretendem?

Sim, nossa intenção vai ser sempre estar inovando para que possamos agregar mais fãs e também para divulgar o nosso blog. Aliás, o nosso sorteio foi exatamente para isso. Nós já temos o blog há mais de dois anos, porém não tínhamos um relacionamento adequado com os usuários que o visitavam. Então decidimos otimizar nossas estratégias, a começar com uma ferramenta de Analytics, para medir o nosso público e a partir disso aplicar ações. Aumentamos nossa interatividade através do Twitter, Facebook e da nossa comunidade no Orkut, além do meu e-mail pessoal.
Antes disso, já tínhamos conseguido estar como a primeira opção nas buscas do google, tudo isso de forma orgânica. A ação do sorteio foi justamente para divulgar isso, queríamos criar um viral para que as pessoas soubessem que nós existíamos, tanto que dezenas de pessoas chegaram depois e disseram “poxa, estava há um tempo procurando um site/blog em português do Manchester City”.
A nossa próxima estratégia, que aproveito para divulgar aqui em primeira mão, irá ser um sorteio conjunto com a OasisNews, que é o maior portal da banda inglesa Oasis da América Latina. Vamos sortear uma camisa do Manchester City e mais um CD. Só para constar, os irmãos Gallagher, ex-oasis, são fanáticos pelo Manchester City e isso não deixa de ser uma estratégia, pois podemos ter torcedores que gostam da banda e de futebol também e ainda não tem um clube na Inglaterra.

3. O City parece estar seguindo os mesmos passos do Chelsea. Os blues hoje são uma potência esportiva e comercial. Em quanto tempo acha que podem estar no mesmo nível?

Sim, disse mais acima algo parecido com isso. O City está por quase tudo que o Chelsea passou. A diferença é que o Chelsea mostrou resultado a curto prazo, pois foi bi campeão da Premier League. Pessoalmente, acho que o Manchester City ainda vai demorar mais duas ou três temporadas para se firmar como uma grande potência. Podemos dizer que hoje o Manchester City tem um dos melhores elencos da Premier League, se não for o melhor. Fora das quatro linhas, o comercial, o marketing, a assessoria de imprensa e o financeiro do clube são formados por ex grandes executivos das maiores empresas do mundo, como Nike, MTV Networks, Isobar Global Client Management, Ernst & Young, Viacom, entre outros. Já há uma estrutura excelente, agora é começar a ganhar títulos e depois colher os frutos.

4. Alguns clubes que possuem “donos” estão atravessando graves crises financeiras e tendo conflitos com seus torcedores. Acha que isso pode vir a acontecer com o City?

Tenho acompanhado os protestos de torcedores do United e do Liverpool. Esses dois clubes, segundo o Football Finance são os que mais devem da Premier League. O Sheik Mansour que é o dono do Manchester City escreveu uma carta falando do seu compromisso com o clube e informou que o trabalho árduo irá continuar e isso é o começo de muitas coisas boas que ainda virão acontecer. Não acho que haverá uma crise financeira. Como eu disse antes, o Manchester City está sendo dirigido por pessoas que sabem fazer muito bem o papel delas. Além disso, o Sheik Mansour é membro da família real dos Emirados Árabes e a riqueza de sua família é de 1 trilhão de dólares (é isso mesmo, eu não errei não!). Dá para sentir que o projeto é muito grande e as coisas estão sendo feita de forma ética.
Para saber mais sobre o Manchester City, acesse http://mcfc-br.blogspot.com/.
Se você faz parte de algum grupo de torcida, trabalha com futebol ou tem alguma história interessante que possa agregar valor ao site, entre em contato conosco.

Category: Marketing

Tags:

Comentários

  1. Com toda a certeza o Manchester City,sera nos proximos cinco anos,uma das maiores potencias do mundo do futebol,com todo o dinheiro investido principalmente em contratações,fara do City um grande clube